Dia mundial da internet

No dia 17 de maio de 2010 é comemorado o Dia mundial da Internet (decreto da ONU do dia 19/01/2006). Nada melhor que um artigo de estatísticas sobre a difusão da internet no Brasil para ressaltar sua importância e o quanto de história ela ainda vai contar.
A internet no Brasil Em um país de população tão heterogênea de estilos, culturas e regiões, o Brasil destaca-se na rede mundial de internet por uma característica homogênea de seus usuários: a capacidade de se relacionar. Nada mal, então, destacarmos o Orkut, rede social de relacionamentos, que tem os brasileiros como maior porcentagem de usuários: 49%. Dos 54 milhões de internautas, 76% no Brasil utilizam o orkut como ferramenta de relacionamento.
[caption id="attachment_296" align="aligncenter" width="420" caption="procentagem de brasileiros no orkut"]procentagem de brasileiros no orkut[/caption]
Do total de usuários brasileiros que acessam a internet, 21% possuem mais de 10 anos de idade. Segundo o IBGE, os internautas têm em média 28 anos, rendimento médio mensal domiciliar per capita de R$ 1.000 e escolaridade de 10,7 anos. Os acessos variam de ambientes como: casa (25,5 milhões), trabalho ou centros públicos ou privados. Cada internauta residencial permanece conectado 26 horas e 15 minutos no mês. Nos últimos quatro anos, a posse de computadores nos domicílios cresceu em média 18% mais rápido que o número de domicílios com conexão à internet, que cresceu 16%. Quando trata-se de formas de acesso, a conexão discada ainda supera a de banda larga. Atualmente, temos 11 milhões de conexões de banda larga no país e 12 milhões de conexões discadas.
Hoje, o Brasil é o sexto país do mundo com o maior número de domínios, somando 1,6 milhão de registros com o final .br. O registro .br era, inicialmente, disponível apenas para empresas, pois o cadastro exigia a inscrição do CNPJ. Hoje, o .br aceita também o CPF, permitindo que pessoas físicas e empresas não registradas adquiram o domínio com terminação .br. O levantamento, feito com 3500 empresas de todos os portes (grande, média e pequena) de todo o país, constata que 53% delas têm website, mas a maior parte deles é voltado apenas para informações institucionais. Apenas 13% das corporações, por exemplo, utilizam os seus sites para efetivar pagamentos de transações.
O comércio eletrônico no Brasil está em boa fase. Em 2008, a internet movimentou mais de 8 bilhões de reais, ocasionando um crescimento de 30% em relação a 2007. Mais de 13 milhões de pessoas no Brasil já compraram ao menos uma vez pela internet.
A análise dos dados permite-nos construir previsões para o futuro da internet no Brasil. Mensurar valores e porcentagens pode ser difícil em um mundo em que a globalização (mais evidente por causa da conexão através da internet) permite que qualquer fator gere turbulências econômicas, como por exemplo o que ocorreu com a famosa "crise". Os dados principalmente sobre o crescimento do comércio eletrônico apontam um  significativo aumento das vendas pela internet, maior do que em 2009. Investir na internet está se tornando uma das melhores ferramentas, ou se não a melhor, para enfrentar um mercado cada vez mais competitivo.

Fonte: Imasters

Compartilhe este post

Sem Comentários

     

Deixe um comentário